Study looks at life of gays at school

Published: October 7, 2010

Pesquisa feita com estudantes até 17 anos da rede pública de 11 capitais brasileiras revela que pouquíssimos se declaram gays, uma parcela menor se declara lésbica e nenhum se declara travesti. A não declaração, de acordo com a pesquisa, é resultado do preconceito contra os homossexuais e a falta de preparo dos professores e autoridades na área da educação. “De um modo geral, não existe educação sexual sendo realizada de forma sistemática nas escolas. Quando existe, é pontual para responder alguma dúvida do aluno e os professores não abordam aquestão da diversidade”, analisou a doutora em Educação e responsável pela pesquisa Margarita Diaz. “Todo mundo conhece algum LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais e Travestis e Transexuais), mas nunca ele está dentro da escola”, completou ela, que representa a instituição Reprolatina, responsável pela execução da pesquisa

Leave a Reply