Silicone: a dream or a nightmare? An experience in So Jos do Rio Preto-SP

Published: June 16, 2010




O município de São José do Rio Preto – SP,  através  do Programa SIDAdania (prevenção em DST/aids/hepatites para  profissionais do sexo) do PM de DST/aids tem acessado diversas  travestis com graves deformações e sofrimento psicológico, em  decorrência do uso do silicone liquido industrial. Em 2006, este  programa e o programa redução de danos em uso de drogas,  realizou um inquérito com 20 travestis para que fosse possível  observar o padrão de uso deste silicone, para elaboração de um  material educativo sobre o tema, visto que não é possível acabar  com esta prática ou oferecer no momento o acesso à aplicação do  silicone nos serviços de saúde pública para esta população.  

 

Descrição: construção coletiva ( serviço de saúde e população –  alvo) de um material educativo sobre redução de danos em uso de  silicone liquido industrial para diminuir as consequências/danos  físicos e psicossociais deste uso e promover a discussão desta  prática na saúde pública. 

 

Lições Aprendidas: aplicação de um questionário entre 20 travestis,  oficinas de reflexão entre profissionais de saúde e travestis sobre  este tema e outros como auto-estima, imagem corporal,  estratégias de redução de riscos à saúde. 

 

Próximos Passos: elaboração de uma cartilha de redução de danos  em uso de silicone liquido industrial, contendo dicas de prevenção  em DST/aids/hepatites, redução de danos em uso de álcool e  drogas, recomendações às travestis e aplicadoras, direitos e  deveres relacionados à discriminação e preconceito.

 

Concluímos  que a elaboração desta cartilha, resultou em maior conhecimento  da prática do uso do silicone a todas as travestis acessadas pelo  PM de DST/aids, promoveu a discussão no município sobre a  realidade da colação de silicone industrial e possibilidades de  aplicação correta de silicone na rede de saúde pública. Espera-se  que esta cartilha colabore com a diminuição das sequelas e mortes  causada pelo uso do silicone industrial.

Leave a Reply