Serbia: gay rights, human rights, tolerance and homophobia

Published: October 10, 2010

A República da Sérvia é um ponto de encontro de numerosos povos, religiões e culturas ao longo dos séculos, e de modo geral, têm coexistido em paz. Que triste, que este domingo a Parada Orgulho Gay terminou em uma orgia de violência causada por um punhado de fanáticos homofóbicos que deixou mais de cinquenta pessoas feridas.
   
Porta-bandeiras das escolas de samba do Rio 2009
Mais…
   
Esta foi a primeira Parada do Orgulho Gay da Sérvia, uma oportunidade para a sociedade fazer uma exibição pública de tolerância no início do Terceiro Milénio, permitindo às pessoas expressarem a sua sexualidade em público, vestidos com as roupas que escolhessem, sentindo-se feliz. Em vez disso, houve um crescendo de violência, insultos, arremesso de mísseis e, finalmente, uma batalha campal entre cerca de mil manifestantes anti-Parada e a polícia, resultando em 57 feridos, sendo 47 policiais, um internado em estado grave. A orgia de violência continuou com a destruição de propriedade do estado.

No entanto, a parada foi em frente e terminou em uma festa no Centro de Cultura do Estudante, no centro de Belgrado. Vários políticos sérvios e representantes de ONGs participaram no primeiro evento do Orgulho Gay do país.

 

Leave a Reply