Building unbuilt postures on prevention among transvestites

Published: June 16, 2010

O presente trabalho pretende fomentar novas discussões e reflexões resultantes nas práticas de prevenção desenvolvidas  pela instituição não governamental em parceria com as de  governo nos ambientes vulneráveis de convívio das travestis e  sugerir políticas e construção de propostas a cerca do tema da  prevenção. Traremos à tona as dicotomias referentes às identidades de gênero e a diversidade sexual (hétero e homossexualidade) versus realidades deste público. 

Vislumbraremos o conceito de identidade, abordado de forma  abrangente, pois entendemos que a cada etapa o ser humano  sofre um processo de formação e constante transformação; não se  encontrando pronto ou fechado em si. Tanto as identidades  sexuais como de gênero, bem como o conceito de individualidade  devem ser repensados. No que tange ao foco de nosso interesse,  buscamos a compreensão dos conceitos e práticas de prevenção e  no que o mesmo influencia na formação, e de certa forma, na  mutação das "novas identidades", da individualidade, das  subjetividades e no surgimento dos conflitos identitários das  travestis e suas possíveis construções.
 
 

Leave a Reply